07
Set 12
publicado por José Gomes André, às 17:27link do post | comentar | ver comentários (8)

05
Jan 11
publicado por José Gomes André, às 01:19link do post | comentar | ver comentários (4)

 

... obter a nomeação Republicana em 2012 são muitas, escreve Nate Silver. Dos vários factores que lhe podem ser favoráveis, destaco dois. Por um lado, o facto de as Primárias mobilizarem sobretudo as bases partidárias, os indefectíveis. E esses, no Partido Republicano, tendem a ser cada vez mais próximos de uma ala conservadora que se revê em Palin. Por outro lado, e ao contrário do que se possa pensar, Palin vai ter os media ao seu lado (pelo menos durante as Primárias). Goste-se ou não, Sarah Palin tem um apelo mediático colossal e um possível confronto com Obama - outro autêntico "icon pop" - seria ouro sobre azul para a comunicação social, permitindo um duelo com proporções "emocionais" e "mediáticas" quase épicas.

 

O que tem contra si? Para além da falta de talento político e intelectual (propriedades que valorizo, mas que estão fora de moda), julgo que o principal problema de Sarah Palin é mesmo o calendário eleitoral. No Iowa, onde tudo começa, Huckabee parte como favorito (venceu aí em 2008). Segue-se o New Hampshire, que em princípio terá uma Primária aberta (ou seja, na qual Democratas e independentes podem votar) e onde tradicionalmente ganham moderados (como McCain). E depois temos o caucus do Nevada, que Romney limpou em 2008 (51% dos votos, metade dos quais de mórmones). Mesmo que ganhe na Carolina do Sul (e cuidado com Huckabee), Palin arrisca-se a chegar a Março completamente encostada às cordas...

 


Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds