06
Out 10
publicado por Nuno Gouveia, às 22:21link do post | comentar

Nunca acompanhei um período de eleições intercalares como agora, por isso não sei se estarei a dizer asneiras. Mas presumo que o mercado de sondagens políticas está a viver um período de ouro, dado o número de sondagens que vão sendo publicadas todos os dias sobre os diferentes estados e distritos eleitorais. Daí que não faz sentido destacar nenhuma individualmente aqui no blogue. O meu conselho é para irem visitando o site da Real Clear Politics nesta secção, que vai publicando as que eles consideram credíveis. Porque há muitas mais que vão sendo publicadas um pouco por todo o território americano.

 

Mas hoje gostaria de destacar aqui um estudo da Public Policying Polling (PPP), que é uma empresa afiliada do Partido Democrata. Este quadro que apresento em baixo explica bem os problemas que Barack Obama enfrenta a meio do seu mandato. Nele podemos ver os níveis actuais da popularidade do Presidente em 12 estados que ele venceu por grande vantagem. Estamos a falar de Blue States que votaram massivamente em Obama, com vantagens para Mccain entre 9 e 45 pontos. Destes estados, apenas no Hawaii e na Califórnia a sua popularidade é superior a 50 por cento. No seu próprio estado, o Illinois, já está no negativo. Obama precisará de um “game changer” após as intercalares para dar a volta à situação. E não pode estar à espera de enfrentar uma Palin em 2012, porque numa situação de fragilidade não acredito que o GOP não escolha alguém com capacidade de vitória.



O que mais me impressiona são as grandes margens desfavoráveis em estados como Michigan e Wisconsin, que normalmente votam democrata, especialmente o primeiro. Desses doze estados, se a memória me não falha, George W. Bush apenas venceu dois (*) em 2004 - New Mexico e Colorado - o que equivale a dizer que o potencial mapa de "battleground states" para 2012 poderá ser bem alargado.

A avaliar por estes dados, podemos imaginar como estará a situação em estados que normalmente votam republicano e que votaram Obama em 2008 - casos de Indiana e Virginia. Ou como estará a situação no Ohio, estado tradicionalmente imprescindível para uma viória republicana, que também votou Obama em 2008 e votara Bush em 2000 e 2004, e onde os candidatos democratas ao Senado, à Câmara dos Representantes e ao cargo de Governador estão a enfrentar dificuldades muito sérias.


(*) Não tenho a certeza acerca de New Hampshire.
Alexandre Burmester a 7 de Outubro de 2010 às 13:14

Bush venceu de facto o New Hampshire em 2004. Li ha tempos que no Ohio os numeros de Obama estao miseraveis. O numero de Battleground States vai aumentar de certeza. Mas tenho uma duvida: sera que se o GOP nomear alguem como Palin tera hipoteses de vencer? Mesmo com Obama em dificuldades, tenho muitas duvidas disso...

Nuno Gouveia
Anónimo a 9 de Outubro de 2010 às 12:36

arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog