28
Set 10
publicado por Nuno Gouveia, às 16:39link do post | comentar

O José Gomes André já escreveu aqui sobre os grandes embates eleitorais que vão decorrer no Oeste dos Estados Unidos para o Senado. Mas há também uma outra batalha a decorrer nestas eleições: na Costa Leste, onde os republicanos foram varridos nos últimos ciclos eleitorais. Relembrar o que sucedeu:

 

1- Neste momento os republicanos não têm nenhum congressista da Nova Inglaterra (New Hampshire, Massachusetts, Vermont, Maine, Rhode Island e Connecticut). Isto em 22 congressistas. Neste estados apenas têm as duas senadoras do Maine, Judd Gregg do New Hampshire e o recentemente eleito Scott Brown.

 

2- Se juntarmos os estados de Nova Iorque, Delaware, Maryland, Pennsylvania e New Jersey, não existem mais senadores republicanos, e apenas há 2 congressistas em NY, 7 na PA, 5 em NJ e 1 no DE e no MD. Isto perfaz 16 congressistas em 72 só nestes últimos estados.

 

3 - Em termos de eleições presidenciais, precisamos de recuar até 1988, quando George. H. Bush só perdeu Nova Iorque, Massachusetts e Rhode Island, para encontrar vitórias significativas do Partido Republicano na Costa Leste. É preciso dizer que desde então o único destes estados a cair na coluna republicana foi o New Hampshire, que deu a vitória a George W. Bush em 2000.

 

Portanto estamos a falar numa zona do país que tem eleito consecutivamente políticos democratas para Washington nos últimos 20 anos. Mas o Partido Republicano, apesar do erro cometido com a nomeação de O´Donnell no Delaware, pode renascer na Costa Leste neste ciclo eleitoral. Em primeiro lugar, é provável que volte a ter congressistas da Nova Inglaterra. Há possibilidades de vitórias significativas no New Hampshire, Maine, Connecticut, Rhode Island e no Massachusetts. Em Nova Iorque, na Pennsylvania e New Jersey são esperadas também grandes conquistas para o GOP. E em termos de senadores, quase seguramente irão manter o lugar no New Hampshire, e eleger Pat Toomey na Pennsylvania. E podem conquistar lugares (muito díficil, especialmente no primeiro caso) em Nova Iorque e Connecticut. Estes estados serão muito interessantes para verificar a dinãmica na noite eleitoral. Como serão os primeiros a revelar os números das votações, serão reveladores para o resto da noite.


Como serão os primeiros a revelar os números das votações, serão reveladores para o resto da noite.

Tradicionalmente, os primeiros estados a fecharem os locais de voto são Indiana e o Kentucky. Uma hora depois é a Florida, a Georgia, Virginia e mais um par de estados; outra hora depois fecham uma grande quantidade de estados às 8:00 PM ET. New York normalmente só fecha às 9 (em muito sítios de NY é tradicional as estações de voto abrirem só ao meio-dia), tal como Rhode Island e muitos estados do Oeste.

O aparecimento dos resultados depende da contagem, mas as networks começarão a apresentar resultados de exit pools e a fazer calls logo a partir do fecho das estações de voto.

H. a 30 de Setembro de 2010 às 18:05

Obrigado pela informação.

Presumi que fosses estes os estados primeiro a fechar as urnas. Mas por volta das 2h (de Portugal) já teremos uma indicação do que poderá ser a noite eleitoral com esses estados que referiu...
Nuno Gouveia a 30 de Setembro de 2010 às 22:31

arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog