20
Ago 10
publicado por Nuno Gouveia, às 18:24link do post | comentar

A corrida presidencial de Barack Obama ficou decisivamente marcada pelo uso da Internet. Além de todas as outras virtudes que a longa campanha de Obama teve,  a utilização que efectuou das novas tecnologias marcaram o inicio de uma nova era na política norte-americana. Mas os republicanos não ficaram quietos, e têm procurado inovar nesta área. A campanha de Scott Brown no Massachusetts em Janeiro já tinha dado boas indicações que os estrategas republicanos tinham aprendido a lição de 2008.

 

Ontem foi publicado um estudo do L2, um Think Tank digital com investigadores da George Washington University e da New York University, que revela que os senadores republicanos retiram, em regra, mais proveito das redes sociais que os seus colegas democratas. Não por acaso, John McCain, é o líder no ranking elaborado pelos investigadores, seguido de perto pelo líder conservador Jim DeMint e pelo próprio Scott Brown. Este indice baseou-se na utilização das redes sociais como o Twitter, Facebook e Youtube. Também em relação aos candidatos ao senado, os republicanos levam vantagem neste estudo. Quem tiver interesse, pode fazer o download do estudo aqui.


arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog