02
Ago 10
publicado por Nuno Gouveia, às 22:50link do post | comentar

A menos de três meses das eleições intercalares, e numa altura em que as sondagens mostram uma clara tendência favorável ao Partido Republicano, dois congressistas democratas enfrentam problemas legais na Comissão de Ética da Câmara dos Representantes.

 

O caso mais mediático atinge o congressista de Nova Iorque, Charlie Rangel, que está em Washington desde 1971. Na semana passada foi acusado pela Comissão de Ética de 13 ofensas, num caso que poderá ter uma espécie de julgamento público a partir de Setembro na Câmara dos Representantes. As pressões têm sido enormes para que abdique, e o próprio Presidente Obama já defendeu que deveriam ser consideradas condições para Rangel terminar a sua carreira de forma digna. Além disso, vários foram os democratas que já apelaram à sua demissão. A congressista Maxine Waters, da Califórnia, também foi acusada formalmente de violar as regras ao interferir num caso em que o seu marido estava envolvido.

 

Estes dois casos surgem na pior altura para o Partido Democrata. Em 2006,  e apesar da impopularidade da guerra  do Iraque, e também da resposta ao furacão Katrina, foram precisamente vários escândalos que afectaram vários congressistas republicanos que mais contribuíram para a derrota do GOP.  Daí a preocupação aumentar nas hostes democratas. Com a economia em má forma e a popularidade de Barack Obama nos níveis mais baixos desde o inicio do mandato, estes casos mediáticos ensombram ainda mais as perspectivas para Novembro.


arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog