02
Ago 10
publicado por Nuno Gouveia, às 18:15link do post | comentar

A propósito do lançamento do livro de memórias "Decision Points", que é lançado em Novembro, o antigo Presidente irá dar uma entrevista no dia 8 desse mês na NBC. Não por acaso, esta entrevista será já depois das eleições intercalares. No entanto, a partir de Outubro o nome de Bush voltará às páginas dos jornais, pois já foi confirmado que nesse mês irão surgir "fugas de informação" sobre o conteúdo do livro. Uma preocupação acrescida para os republicanos, que tentam afastar-se do legado económico dos últimos anos Bush.


Por acaso o legado económico de Bush, incluindo um maciço "estímulo à economia" em 2007 e um deficit orçamental bem graúdo, nem é assim tão diferente das políticas de Obama nessa matéria.

Mas na realidade Bush nunca esteve ausente desde que deixou a Casa Branca em Janeiro do ano passado, pois Obama não perde nenhuma oportunidade para deitar as culpas pela crise para o seu antecessor, assim quebrando uma tradição segundo a qual os presidentes não criticam os seus antecessores e vice-versa (Bush tem-na cumprido, mantendo-se silencioso).

Nas sondagens sobre a matéria o número de americanos que culpa Bush e Obama pela crise já é praticamente igual. Como disse Nixon a propósito da Guerra do Vietname, "herdei-a, mas ao fim de seis meses já era minha".
Alexandre Burmester a 2 de Agosto de 2010 às 20:07

John Kerry ainda ontem disse que é injusto não culpar Bush pelos problemas que afectam o país. "Blame Bush" parece ser a linha orientadora da estratégia dos Democratas. Resta saber se é uma estratégia vencedora :)

Eu ouvi essas declarações do John Kerry, caro Nuno. Entretanto, e nem de propósito, a Rasmussen publica hoje uma sondagem em que, pela primeira vez, são mais os que culpam Obama pela crise que aqueles que dela culpam Bush, embora dentro da margem de erro:

http://www.rasmussenreports.com/public_content/politics/obama_administration/august_2010/48_blame_obama_for_bad_economy_47_blame_bush
Alexandre Burmester a 2 de Agosto de 2010 às 23:33

Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou estudando Português, eu não consigo entender tudo, mas quase! ;)
sviluppo pene a 9 de Agosto de 2010 às 14:29

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog