03
Set 12
publicado por Nuno Gouveia, às 23:46link do post

A resposta a esta pergunta estará subjacente à Convenção Nacional Democrata, que se inicia amanhã em Charlotte, na Carolina do Norte. E por enquanto, os democratas parecem não ter afinada uma resposta coerente. Ontem, David Axelrod não conseguiu responder de uma forma assertiva e o governador de Maryland, Martin O'Malley (apontado como candidato a 2016) disse que não estavam. Hoje já corrigiu a declaração, mas o mal estava feito. Quando olhamos para as sondagens, existe um claro sentimento que não estão. Mas não se espera que seja essa a principal mensagem da Convenção: a esperança e a mudança de 2008 darão lugar às críticas contra o Partido Republicano e os seus líderes, tentando-os caracterizar como inelegíveis. Depois de há quatro anos Barack Obama ter prometido reduzir a dívida pública para metade, a sua administração aumentou-a mais do que qualquer outro Presidente, e durante um mandato (metade com total controlo no Congresso) não conseguiu aprovar sequer um orçamento. Com o estado do país a definhar, o desemprego muito superior ao prometido e o divisionismo, que Obama prometeu acabar, mais elevado do que nunca, ninguém espera que a principal mensagem desta convenção seja positiva. Aliás, depois de quatro anos com tantas promessas por cumprir (Eastwood perguntou como estava a situação de Guantánamo, por exemplo), o Partido Democrata pouco pode prometer. Não, a principal mensagem que os democratas vão tentar transmitir será tentar mostrar ao eleitorado independente que com o GOP a situação ficará pior. Como sempre tenho dito, a única oportunidade que a equipa de Obama tem para ser reeleita é desqualificar o adversário, o que tem sido feito com algum sucesso, pois só isso tem mantido a corrida empatada, com ligeiro ascendente para o Presidente. 


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds