25
Ago 12
publicado por Nuno Gouveia, às 01:13link do post | comentar

O documentário "Obama's America 2016", baseado num livro de Dinesh D'Souza, filho de indianos de Goa e com descendência portuguesa, alcançou esta sexta-feira o número um da box office do cinema americano. É provável que este filme anti-Obama seja ultrapassado ainda durante este fim de semana, como relata esta notícia, mas não deixa de ser um excelente indicador para os republicanos, que iniciam segunda-feira a sua Convenção Nacional em Tampa. Na próxima semana escreverei por aqui algumas impressões desta convenção, onde são esperados mais de 15 mil pessoas da área dos media. 


Benedict Arnold diz-lhe alguma coisa?

Benedict Arnold por que motivo? Citando o senil do Reagan, o Crist não abandonou o Partido Republicano, o PR é o abandonou a ele. Acredito que haja muitos republicanos moderados que se sentem como ele, republicanos que não gostam de ver o seu partido tomado pela extrema direita e que caminha a passos largos para se equivaler a um partido formado numa cervejaria de Munique.
HCarvalho a 27 de Agosto de 2012 às 14:49

Comparar o Partido Republicano aos nazis é tão ridículo e absurdo como dizer que Obama é muçulmano ou comunista.

O GOP tem seguido uma linha super-conservadora, mas tem pouco em comum com o partido nazi. A obsessão pelo controlo pelo de todo os aspectos da vida que os nazis tinham, é mais suave, os republicanos baseiam-se mais no "peer-pressure" ou "social-pressure". Ambos odeiam a diferença e lidam um bocado mal com ela, mas enquanto os Nazis exerciam violência sobre ela, os republicanos atiram para fora da sua vida, ignoram..
Por exemplo, os Nazis espancavam grevistas e sindicalistas e judeus, os republicanos ficam com o seu cartaz à porta da clínica de planeamento familiar a injuriar/gritar com mulheres que vão buscar contraceptivos, ou a consultas ou fazer uma IVG (não abrir debate sobre IVG please), ou a semana passada li o testemunho de um ex-pastor tornado ateu, do Louisianna ou outro estado do bibble belt, que depois de se ter declarado ateu foi despedido, a mulher foi stalkada e recebia telefonemas até que se divorciou dele.

Usei o termo "republicanos" para designar os mais extremistas à direita dentro do GOP e na sociedade americana, não efectivamente todos os republicanos ou conservadores que vivem lá.

Sinceramente, e num exercício absurdo se pusesse a ala mais radical do GOP sem oposição a governar um país, e só voltasse a olhar para esse país uma geração depois, esperava encontrar uma Somália, e não uma Alemanha Nazi.
João Davim a 27 de Agosto de 2012 às 17:59

arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog