01
Jun 12
publicado por Alexandre Burmester, às 11:00link do post | comentar

O slogan que dá título a este apontamento é atribuído a James Carville, principal estratega da campanha de Bill Clinton em 1992. Procurava focar o eleitorado naquilo que os democratas achavam ser o principal problema com que o país se defrontava, e pelo qual a administração de George H.W. Bush deveria ser responsabilizada: a economia.

 

 

A economia está também no centro das atenções da campanha deste ano, e os números dos últimos meses, sem serem entusiasmantes, davam uma ideia de uma recuperação, embora lenta.

 

Pois bem, os mais recentes números relativos ao desemprego, à criação de emprego e ao crescimento da economia são algo desanimadores e ficam aquém das expectativas. O PIB americano cresceu apenas 1,9% no primeiro trimestre, contra uma estimativa inicial de 2,2%, uma cifra que é incompatível com a diminuição do desemprego real.

 

Sem dúvida que a campanha de Mitt Romney  vai atirar-se aos mais recentes números económicos como sete cães a um osso - faz parte da política. E isto poderá, sem dúvida, recentrar a campanha deste ano na questão fulcral que preocupa os americanos, a economia, em vez dos estéreis debates sobre as empresas de capital de risco, nomeadamente a Bain, de que Mitt Romney foi presidente.

 

 

 

 

 

 

 

 


arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog