11
Jan 12
publicado por José Gomes André, às 14:53link do post | comentar

1. Romney obteve vitória confortável (39%) e consolidou o seu estatuto de favorito. Tem consigo os independentes e os Republicanos moderados, e até boa fatia dos conservadores, que já perceberam ser Romney o melhor posicionado para enfrentar Obama. Os adversários e os media da Direita "Tea Party" continuam a apontar-lhe falhas, mas não têm aparecido adversários à altura. Só um cataclismo eleitoral poderia afastar Romney da nomeação.

 

2. Ron Paul obtém novamente um excelente resultado (23%), à custa de uma óptima organização no terreno e do voto dos independentes e dos jovens. Será curioso ver como se comporta em Estados com maior peso eleitoral (Carolina do Sul e Florida, ainda em Janeiro). De qualquer forma, tem reforçado a sua mensagem libertária e poderá ter um papel relevante na definição da plataforma ideológica na Convenção Republicana. 

 

3. Huntsman desiludiu com o terceiro lugar. A sua candidatura está moribunda, até porque disputa contra Romney o papel de "moderado" na contenda. Só uma surpresa extraordinária nas primárias sulistas poderia relançar o seu nome.

 

4. Gingrich e Santorum dividiram entre si 20% dos votos, fraco resultado para quem se quer apresentar como a mais "sólida alternativa". Ambos disputam o eleitorado conservador, sendo portanto a primária da Carolina do Sul uma espécie de "derradeiro teste" a estes dois nomes. Mas terão de suplantar Romney, sob pena de lutarem apenas para o segundo lugar.


Olá José André,

Mais uma vez uma belíssima análise. A mim o que me parece é que a votação na Carolina do Sul vai servir um pouco mais para definir possíveis Vice-Presidentes da candidatura Republicana que propriamente para definir alguma coisa quanto à liderança às eleições de Novembro.

Claro que com o peso de Ron Paul no Texas e os seus mais recentes resultados, também esta questão me parece fechada.
Luís Dias a 11 de Janeiro de 2012 às 15:16

arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog