06
Dez 11
publicado por Nuno Gouveia, às 16:57link do post | comentar

Este anúncio de Ron Paul, lançado esta semana no Iowa, é um bom exemplo do que vem aí no próximo mês para Newt Gingrich. Líder nas sondagens nacionais e nos estados do Iowa, Carolina do Sul e Florida (Romney continua à frente no New Hampshire), Newt irá agora sofrer na pele o que Cain, Perry e Bachmann sofreram nos tempos áureos das suas campanhas. Mas a sua queda (a existir) nunca será tão fácil como a dos três exemplos anteriores, pois Newt tem outra bagagem política e intelectual. Mitt Romney, que pela primeira vez nesta campanha deve estar seriamente preocupado, tem vindo a adiar o ataque frontal ao seu principal adversário. Ron Paul, com uma campanha muito interessante, está deste modo a ajudar Romney. Mas não acredito que os ataques que Newt vai sofrer no próximo mês, não só de Ron Paul, mas também de Rick Perry, Michele Bachmann ou Rick Santorum, outros interessados no Iowa, vão chegar para destronar Gingrich da linha da frente. Romney, se quer ser o nomeado, vai ter de tirar as luvas e saltar para o combate político a sério.


arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog