29
Mai 11
publicado por Nuno Gouveia, às 10:36link do post | comentar

Depois de ter protagonizado a pior campanha presidencial que há memória, esta semana surgiram indicadores que Rudy Giuliani poderá avançar com nova candidatura. Na verdade o antigo Mayor de Nova Iorque nunca afastou esta possibilidade, mas também que ninguém o terá levado muito a sério, até porque não tem actuado como um verdadeiro candidato. Mas esta semana houve novidades. O congressista republicano de NY Peter King disse na CNN que Rudy estava seriamente a pensar em avançar. Um dos conselheiros e amigos mais próximos, King disse mesmo que a decisão estava iminente. Curiosamente, um dia após estas notícias, a CNN publicou uma sondagem nacional que coloca Rudy Giuliani à frente do campo republicano. Isto mesmo antes de ser candidato ou sequer pré-candidato. Não tenho dado destaque aqui às várias sondagens que têm sido feitas, porque nesta fase do campeonato representam muito pouco. E esta não é diferente, mas mostra que Rudy ainda é um nome a considerar, e principalmente, que continua a haver espaço para mais candidatos. 

 

Caso Rudy Giuliani avance mesmo, e continuo a ter dúvidas que tal suceda, penso que terá muitas dificuldades em ganhar a nomeação ou até para ser um sério candidato. Nesta fase do Partido Republicano, onde a direita mais "dura" tem vindo a ganhar terreno, será possível um moderado e defensor do aborto vencer umas primárias? Quase impossível. Está certo que tem posições bastante mainstream na economia e na política externa, mas isso só não deve chegar para vencer umas primárias. Além do mais, já vimos em 2008 as suas fracas capacidades para executar uma campanha nacional. Qual a janela de oportunidade para o herói do 11 de Setembro? Só tem uma: vencer no New Hampshire e emergir como o candidato moderado do campo republicano. A partir daí, aguentar-se na Carolina do Sul, vencer na Florida e conquistar os grandes estados na superterça-feira. Uma tarefa herculeana? Sem dúvida. Possível? Não o Rudy de 2008. Teria que mostrar uma faceta totalmente diferente. 


arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog