09
Abr 11
publicado por Nuno Gouveia, às 11:27link do post | comentar

Faltava pouco mais de uma hora para a meia-noite quando um triunfante John Boehner surgiu em frente aos jornalistas para anunciar um acordo com os Democratas para o orçamento federal de 2011. Apesar da ruptura ter estado iminente, como escrevi esta semana, o acordo prevê uma resolução a financiar o Governo durante mais alguns dias, e na próxima semana será selado o acordo final, com cortes perto dos 40 mil milhões de dólares. Os cortes estão longe do que os republicanos desejavam inicialmente, mas significam uma ruptura radical com a curva ascendente do Orçamento Federal dos últimos anos. Diga-se que este acordo, apesar da oposição que provavelmente irá receber das alas radicais, favorece ambos os partidos, que demonstram que conseguem trabalhar em comum. Destaque especial para John Boehner, que consegue evitar o encerramento do Governo com cortes substanciais na despesa federal. Emerge como o verdadeiro líder republicano da actualidade. 


arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog