31
Dez 10
publicado por Nuno Gouveia, às 10:29link do post | comentar

 

Marco Rubio é o político que melhor representa o espírito do ano de 2010. Inicialmente dado como "morto" por grande parte das elites do Partido Republicano (não totalmente, pois bem cedo obteve o apoio de Karl Rove e sempre foi considerado o protegido de Jeb Bush), conseguiu uma vitória improvável nas primárias republicanas da Florida para o Senado, fazendo mesmo com o até então popular governador republicano Charlie Crist negasse o seu passado e avançasse com uma candidatura independente. Sendo o candidato favorito do Tea Party, Rubio conseguiu chegar à vitória final em Novembro como o político preferido de todo o Partido Republicano deste ciclo político. Já se fala como potencial candidato a Vice-presidente em 2012, e alguns até sonham com uma candidatura presidencial no imediato. Muito improvável que ambas as situações aconteçam. Porque ainda é cedo. Mas este, além de ser um dos políticos de 2010, com 39 anos apenas é um dos nomes a seguir na política americana nos próximos anos.



28
Dez 10
publicado por Nuno Gouveia, às 18:51link do post | comentar

Harry Reid não é um político simpático. E é extremamente impopular. Mas o ano de 2010 acabou por ser-lhe bastante favorável, representando o que de bom aconteceu ao Partido Democrata. Conseguiu aguentar-se nas intercalares, o que é uma grande vitória. Apesar da escolha do Partido Republicano ter ajudado imenso, Reid não só venceu a reeleição como manteve-se como Líder da Maioria no Senado. Além disso, a sua bancada unida esteve unida e conseguiu aprovar legislação importante para os Democratas. Apesar de ser um herói improvável, para mim Reid foi um dos políticos do ano.



24
Dez 10
publicado por Nuno Gouveia, às 10:22link do post | comentar

Bill Clinton está retirado da vida pública. Mas nenhum Democrata esteve mais activo neste ciclo eleitoral do que o 42º Presidente. Depois da tentativa falhada em ajudar Hillary Clinton a chegar à Casa Branca, Clinton recuperou o estatuto do político mais popular no Partido Democrata. Ninguém foi tão requisitado como Clinton. E onde Barack Obama não podia ir, lá estava Clinton em campanha. Do Sul ao Oeste, do Midwest à Costa Leste, foi figura omnipresente. E acabou o ano em grande, com uma conferência de imprensa em plena Casa Branca. Para mim, é uma das figuras do ano.



22
Dez 10
publicado por Nuno Gouveia, às 23:29link do post | comentar

John Boehner é um dos políticos do ano. Eleito há quatro anos líder dos republicanos na Câmara dos Representantes, chegou a vez dele assumir o terceiro cargo na hierarquia política dos Estados Unidos. O congressista do Ohio já teve muitos altos e baixos na sua carreira política, mas esta é a sua hora. Pessoalmente gosto da sua postura política pouco convencional. Muito do sucesso, ou não, dos republicanos nos próximo dois anos passará por Boehner.



Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog