23
Nov 10
publicado por Nuno Gouveia, às 12:40link do post

O 11 de Setembro mudou para sempre a segurança nos Aeroportos. Todos sentimos incómodo e desconforto quando somos obrigados a passar por um controlo. Ainda este fim de semana senti isso mesmo, ao ser obrigado a tirar os sapatos num aeroporto holandês. Não questiono as medidas de segurança, nem considero que são desnecessárias. Garantir a segurança dos aviões deve ser a prioridade dos responsáveis. Mas este post não é sobre isso. Mas sim como as opiniões mudam conforme as Administrações.

 

A polémica do momento nos Estados Unidos é as medidas impostas pela TSA (agência federal responsável) nos aeroportos americanos. Em 70 aeroportos os passageiros ainda têm a possibilidade de passarem pelos Raio-X de corpo inteiro ou de serem revistados pessoalmente por seguranças. Nos restantes, e que não estão munidos dos já famosos Raio-X, os passageiros terão mesmo de serem revistados pessoalmente, incluindo nas partes intimas. As sondagens indicam que a maioria dos americanos concorda com estas medidas, mas os protestos têm vindo a subir de tom. E vêem especialmente do lado republicano. Os democratas têm estado em silêncio sobre este assunto. Mas o que irrita é que estes Raio-X, sem dúvida intrusivos e lesivos da intimidade das pessoas, foram introduzidos ainda durante a Administração  Bush, e nessa altura, aqueles que agora reclamam, estiveram em silêncio. E os democratas que na altura criticaram esta medida, agora apoiam-na.

 

Entretanto, a TSA anunciou que está a estudar um novo scanner que deixará de apresentar uma imagem tão nítida do corpo, mas sim uma "imagem robusta". Provavelmente se quando esta medida foi anunciada pela TSA, tivessem surgido este tipo de críticas de ambos, talvez não fosse necessário ter chegado até aqui. Às vezes, as guerras políticas de trincheiras dão nisto.


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds