24
Mai 13
publicado por Alexandre Burmester, às 16:53link do post | comentar

 

 

 

 

O sufixo "gate" apenso ao nome dos escândalos políticos, surgiu, como sabemos, com o famoso caso Watergate, que levou à demissão do Presidente Richard Nixon em 1974.

 

 Pois bem, neste momento Washington está assolada pelo referido sufixo(os nomes são meus):

 

 1) Email-gate: O Departamento de Justiça, ou o seu braço, o FBI, solicitou um mandato de busca sobre os emails do repórter da Fox News James Rosen. "Pela primeira vez uma administração presidencial trata a cobertura noticiosa como um crime", diz a propósito Jan Crawford da CBS News.

Isto vem na sequência da apropriação pelo Departamento de Justiça de dois meses de registos telefónicos da Associated Press.

 

 2) IRS-gate: Figuras destacadas dos meios conservadores foram alvo de inspecções fiscais durante a campanha presidencial de 2012. Esses alvos terão sido escolhidos com base numa lista de gente "indesejável" constante num site de campanha do Presidente Obama. 

 

 3) Benghazi-gate: Este escândalo incide sobre um suposto encobrimento por parte do Departamento de Estado da verdadeira natureza do ataque ao Consulado Americano em Benghazi, na Líbia, de que resultou a morte do Embaixador dos E.U.A. O Departamento de Estado tentou apresentar o ataque como uma reacção espontânea a um vídeo anti-islâmico publicado na internet por um americano, e não como um ataque terrorista premeditado, com a marca da Al Qaeda. Este caso atinge particularmente Hillary Clinton, cuja passagem pelo Departamento de Estado a afastou da política interna e suas polémicas e suavizou a sua imagem junto do eleitorado, anteriormente muito polarizado em relação à sua pessoa. Clinton é, actualmente, a favorita à nomeação presidencial democrática em 2016.

 

Decerto que todos estes casos vão ainda dar que falar. Quanto às respectivas consequências, ainda é cedo para especular. 

 

 

 Foto: o famoso edifício Watergate em Washington


Blog em estado nado-morto...
YHWH a 13 de Junho de 2013 às 12:50

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog