14
Set 12
publicado por José Gomes André, às 23:17link do post | comentar

Dick Morris, antigo conselheiro de Bill Clinton e agora assessor político do Tea Party, não tem dúvidas: Mitt Romney está a caminho da Casa Branca. Desvalorizando todas as sondagens publicadas nas últimas semanas (as quais acusa de metodologia duvidosa), e apostando na "diferença de entusiasmo" entre o eleitorado Democrata e Republicano, Morris aposta numa vitória de Romney

 

São más notícias para Romney, uma vez que Morris é conhecido pelas suas previsões delirantes e sistematicamente erradas: previu uma disputa Hillary Clinton vs. Condi Rice em 2008; previu que Obama e McCain estariam empatados no Tenessee, Arkansas e West Virginia (quando Obama perdeu por larga margem estes Estados); considerou Sarah Palin a melhor escolha de sempre para vice-presidente; previu que Donald Trump iria candidatar-se à Casa Branca; apostou forte em Michelle Bachmann e Herman Cain para vencedores das Primárias Republicanas deste ano; e afirmou em Julho que sabia há seis meses que Romney escolheria Marco Rubio para o acompanhar no ticket Republicano. Um verdadeiro Zandinga invertido...


Dick Morris, a tábua de salvação dos fiéis de Obama!;-)

Mas devo dizer-te que, em 2010, eu estive mais próximo do resultado no vaticínio para a Câmara dos Representantes que o Morris: ele previu 58 ganhos para o GOP e eu previ 62!

Mas fica mal aos democratas troçarem de Dick Morris: sem ele, muito possivelmente, Bill Clinton nunca teria sido reeleito!;-)
Alexandre Burmester a 15 de Setembro de 2012 às 01:12

Ele errou, mas acredito que Marco Rubio seria uma opção melhor que Paul Ryan.

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog