10
Abr 12
publicado por Nuno Gouveia, às 19:25link do post | comentar

Justin Sullivan/Getty Images (roubada ao Mark Halperin)

 

 

Rick Santorum chegou onde provavelmente nunca esperou: ser o principal rival do nomeado republicano. Hoje vai anunciar o fim da sua candidatura presidencial. Com a sua retirada, as primárias republicanas de 2012 terminaram oficiosamente, pelo que se espera nas próximas semanas a união de todo o movimento conservador em redor de Mitt Romney. Fica para mais tarde uma análise à candidatura de Santorum.


Confirma-se o adágio: \"Republicans fall in line\". Particularmente significativo é o facto de Santorum desistir pouco antes da primária do seu estado, a Pensilvânia, onde ainda era o favorito. As pressões para que desistisse devem ter sido grandes. O establishment republicano está em boa forma.
Alexandre Burmester a 11 de Abril de 2012 às 14:39

Ou então pensou:

Benefício de ganhar a Pensilvânia - nenhum; neste momento, só por milagre Romney não seria o nomeado

Prejuizo de perder a Pensilvania - total; perder até no estado natal era o fim definitivo da carreira

Acredito que ambas as ideias estarão certas: Santorum já ganhou o que tinha a ganhar nestas primárias, e uma derrota na Pensilvânia seria comprometedora. Além disso, deve ter sido muito pressionado pelo establishment para abandonar já. No entanto concordo inteiramente que o establishment republicano está em boa forma: conseguiu impor o seu candidato numa época em que isso não era nada fácil. Basta recordar o que foi sendo escrito depois das Midterms e durante esta campanha.
Nuno Gouveia a 11 de Abril de 2012 às 22:19

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog