17
Mar 12
publicado por Nuno Gouveia, às 16:19link do post | comentar

Getty Images / Christopher Gregory

 

Amanhã realizam-se eleições em Porto Rico, território americano que só tem direito a voto nas primárias. Estão em jogo 20 delegados. Se um candidato obtiver mais de 50 por cento dos votos, arrecada todos os delegados. Mitt Romney é o grande favorito e ontem à noite teve um comício em San Juan que lhe terá corrido muito bem. Como explica esta peça do BuzzFeed, a máquina partidária local está a trabalhar para Romney, a começar pelo popular governador Luis Fortuño, e a vitória parece garantida. São esperados entre 300 a 400 mil eleitores, o que não deixa de ser um número muito aceitável para um território que normalmente não participa na vida política americana. Se Romney alcançar os 20 delegados, não deixará de ser um bom prenúncio para as primárias do Illinois, que se realizam na próxima terça-feira, e onde também lidera as sondagens. Depois das derrotas no Alabama e Mississippi, Romney bem precisa destas duas vitórias. 


Romney poderia fechar estas primárias, de facto, com uma forte vitória em Illianois. Para isso, vejam este editorial do Chicago Tribune, de apoio a Romney, com esta frase, que tomara eu se aplicasse hoje em dia aos republicanos que votam nas primárias: "One more advantage for Romney: He is the candidate most likely to steer the Republican Party toward its traditional values: financial responsibility, economic (and thus job) growth, social tolerance, and a limited role for government in the lives of the governed."
Miguel Direito a 18 de Março de 2012 às 09:23

Salvo surpresas, Romney vai vencer em Porto Rico e Illinois. Mas não vai mudar nada, pois os seus adversários não vão desistir. Até porque no próximo sábado realizam-se primárias na Louisiana, e tenderá a favorecer Santorum. Como isto está, elas só acabam quando Romney chegar ao número mágico dos 1144 delegados. Até lá... haverá festa :)

cumprimentos
Nuno Gouveia a 18 de Março de 2012 às 10:48

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog