22
Jan 12
publicado por José Gomes André, às 18:07link do post | comentar

1. Newt Gingrich conseguiu uma impressionante vitória, com mais 14,6% do que Romney - algo impensável uma semana atrás. Atacou a imprensa e Romney com grande vigor (e boas doses de populismo), estratégia que colheu frutos: Gingrich ganhou votos do "Tea Party", dos evangélicos, da base conservadora e dos indecisos, surgindo como o "anti-Romney" pelo qual a ala Direita dos Republicanos suspirava. Resta saber se tem os meios necessários (organizativos, financeiros e políticos) para sobreviver aos contra-ataques das próximas semanas. O facto de ter ressuscitado mais do que uma vez nos últimos meses faz suspeitar que sim...

 

2. Apesar da estrondosa derrota, Romney mantém-se como o favorito. Tem maior apoio institucional, mais dinheiro, melhor organização eleitoral e parece um candidato mais "regular" e "presidenciável". Além disso, todas as sondagens mostram que será um maior obstáculo para Obama do que Gingrich, dadas as suas credenciais "moderadas". Todavia, precisa de estancar a polémica em torno dos seus negócios, e de evitar uma excessiva alienação da base conservadora (ganhar os independentes não chega para vencer Primárias, embora dê muito jeito em Novembro).

 

3. Santorum ficou-se pelos 17% e é uma carta fora do baralho. Perdeu contra Gingrich na luta para "alternativa conservadora" e não tem meios, nem fundos nem mensagem política para relançar a candidatura. Tem uma decisão difícil a tomar: prosseguir a luta ingloriamente (prejudicando Gingrich, com quem tem mais afinidades ideológicas) ou retirar-se (complicando a vida a Romney). Ron Paul continua a correr por fora, embora os 13% tenham sido uma pequena desilusão face às sondagens e a resultados anteriores.

 

4. Apesar da "dinâmica mediática" beneficiar agora Gingrich, Romney parece ser favorito nas próximas contendas, pois tem largos apoios na Florida (31/01) e melhor organização no Nevada e Maine (início de Fevereiro), partindo também na frente no Missouri e Michigan. Em todo o caso, o péssimo resultado de Romney na Carolina do Sul baralhou as contas Republicanas, atirando a decisão para disputas futuras. Afinal de contas, estão 2286 delegados em jogo e apenas 80 foram atribuídos até agora... [Projecção actual: Romney 36, Gingrich 28, Paul 9, Santorum 7].


http://www.realclearpolitics.com/epolls/2012/president/fl/florida_republican_presidential_primary-1597.html

ups, as ultimas sondagens dps da Carolina, já mostram romney a perder muito
acostal a 23 de Janeiro de 2012 às 09:55

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog