19
Jan 12
publicado por Alexandre Burmester, às 16:37link do post | comentar

 

 

O Governador do Texas, Rick Perry, acaba de tornar-se na mais recente baixa das primárias republicanas, ao anunciar a sua desistência, a favor de Newt Gingrich.

 

O apoio de Perry tinha vindo a desvanecer-se, e mesmo na conservadora Carolina do Sul, que realiza a sua primária este Sábado, uma sondagem NBC News/Marist dá-lhe apenas 4% das intenções de voto. Mesmo assim, e dada a aproximação recente de Gingrich a Romney, esse reduzido número até poderá ser suficiente para dar a vitória a Gingrich, embora o meu vaticínio vá para nova vitória de Romney (das três sondagens de hoje, duas continuam a dar vantagens sólidas a Romney, e só uma dá vantagem - ligeira - a Gingrich).

 

Olhando mais para a frente, para a primária da Florida, a realizar-se no dia 31, aí a vantagem de Romney sobre Gingrich na mais recente sondagem (de ontem) é tão grande - 25% - e o apoio de Perry tão escasso - 2% - que muito dificilmente esta desistência poderá afectar a corrida naquele estado, a não ser permitir a Gingrich "pular" por cima de Rick Santorum, que na referida sondagem tem mais um ponto que o antigo "Speaker".

 


No detalhamento da pesquisa Insider Advantage
http://www.realclearpolitics.com/docs/2012/InsiderAdvantage_SC_0118.pdf,
eu achei estranho que na faixa 18 a 29 anos, Gingrich tem 59 %, Romney 0 % e Paul 2 %. Esses números me parecem muito inconsistentes.

No entanto, o Real Clear Politics acaba de divulgar a pesquisa Rasmussen Report: Gingrich 33 %, Romney 31 %.

Abraço,

Nehemias


Nehemias a 19 de Janeiro de 2012 às 17:05

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog