11
Jan 12
publicado por José Gomes André, às 14:53link do post | comentar

1. Romney obteve vitória confortável (39%) e consolidou o seu estatuto de favorito. Tem consigo os independentes e os Republicanos moderados, e até boa fatia dos conservadores, que já perceberam ser Romney o melhor posicionado para enfrentar Obama. Os adversários e os media da Direita "Tea Party" continuam a apontar-lhe falhas, mas não têm aparecido adversários à altura. Só um cataclismo eleitoral poderia afastar Romney da nomeação.

 

2. Ron Paul obtém novamente um excelente resultado (23%), à custa de uma óptima organização no terreno e do voto dos independentes e dos jovens. Será curioso ver como se comporta em Estados com maior peso eleitoral (Carolina do Sul e Florida, ainda em Janeiro). De qualquer forma, tem reforçado a sua mensagem libertária e poderá ter um papel relevante na definição da plataforma ideológica na Convenção Republicana. 

 

3. Huntsman desiludiu com o terceiro lugar. A sua candidatura está moribunda, até porque disputa contra Romney o papel de "moderado" na contenda. Só uma surpresa extraordinária nas primárias sulistas poderia relançar o seu nome.

 

4. Gingrich e Santorum dividiram entre si 20% dos votos, fraco resultado para quem se quer apresentar como a mais "sólida alternativa". Ambos disputam o eleitorado conservador, sendo portanto a primária da Carolina do Sul uma espécie de "derradeiro teste" a estes dois nomes. Mas terão de suplantar Romney, sob pena de lutarem apenas para o segundo lugar.


Olá José André,

Mais uma vez uma belíssima análise. A mim o que me parece é que a votação na Carolina do Sul vai servir um pouco mais para definir possíveis Vice-Presidentes da candidatura Republicana que propriamente para definir alguma coisa quanto à liderança às eleições de Novembro.

Claro que com o peso de Ron Paul no Texas e os seus mais recentes resultados, também esta questão me parece fechada.
Luís Dias a 11 de Janeiro de 2012 às 15:16

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog