28
Dez 11
publicado por Nuno Gouveia, às 00:47link do post | comentar

Apesar de ter dito que não iria fazer campanha negativa, um revigorado Newt Gingrich surgiu hoje ao ataque aos seus principais adversários. No programa "Situation Room", Gingrich disse que provavelmente não conseguiria votar em Ron Paul numa eleição presidencial, acusando-o de ter posições racistas e anti-semitas, e que as suas ideias estão muito afastadas do mainstream americano. Uma entrevista muito dura, que se destina a retirar espaço ao candidato libertário, que subiu no Iowa nas últimas semanas muito à custa da descida de Gingrich. Noutra frente, o antigo Speaker, teceu duras críticas ao seu principal oponente à nomeação, Mitt Romney. Depois de semanas quase em silêncio a sofrer ataques de todas as frentes, Gingrich inverte a sua estratégia e ataca de frente os seus concorrentes directos. Será que chega para vencer no Iowa? 


Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog