27
Nov 11
publicado por Alexandre Burmester, às 21:56link do post | comentar

 

 

O New Hampshire Union-Leader, famoso jornal conservador da maior cidade do New Hampshire, Manchester, anteriormente conhecido por Manchester Union-Leader, tem uma singular característica: estando à direita do votante republicano típico daquele estado, o seu apoio é sempre alvo de grande cobiça por parte dos candidatos. Poucas vezes nos últimos 30 anos o candidato que apoiou acabou por ser o nomeado do GOP, mas a sua capacidade para "causar estragos" no favorito é muito conhecida.

 

Pois na sua edição dominical de hoje - aliás, para ser correcto, o jornal ao domingo é o New Hampshire Sunday News - anuncia o seu apoio a Newt Gingrich na próxima primária republicana naquele estado.

 

Este anúncio não pode deixar de preocupar Mitt Romney - antigo Governador do vizinho estado de Massachusetts - que tem liderado confortavelmente as sondagens no "Granite State". É que existe um cenário que, a confirmar-se, seria bastante negativo para Romney: uma vitória de Gingrich no Iowa (primeiro estado a organizar uma primária, ali em modelo mais "reduzido", dando pelo nome de caucuses), seguida de um bom segundo lugar no New Hampshire, colocaria em causa a aura de nomeado quase inevitável do Partido Republicano que actualmente favorece Romney.

 

Romney tem vindo a aumentar os seus esforços no Iowa, estado onde até há pouco parecia ter dado de barato uma vitória de um dos seus opositores conservadores. O seguro morreu de velho.

 

As primárias republicanas poderão vir a revelar-se inconclusivas durante mais tempo do que se previa.


Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog