31
Out 11
publicado por Nuno Gouveia, às 13:28link do post | comentar

 

Uma boa campanha presidencial americana tem de ter um escândalo sexual. Ou pelo menos uma ameaça de escândalo. Ontem Herman Cain saltou para o topo da agenda mediática com uma notícia do Politico. O caso resume-se rapidamente. Durante a década de 90, quando Cain foi presidente da associação nacional de restauração, duas mulheres teriam-no acusado de assédio sexual. O incidente viria a não ter implicações legais, mas a acusação parece que terá existido. 

 

Ainda é cedo para dizer as implicações que esta notícia pode ter na candidatura de Herman Cain. Analisando a história, já tivemos exemplos de tudo. Desde campanhas a desabar (Gary Hart em 1988),  escândalos que não afectaram a credibilidade do candidato (Bill Clinton em 1992) ou até casos que foram considerados irrelevantes e menores (em 2008 John McCain). Este tipo de casos, se não surgirem mais revelações, como outro tipo de acusações ou até com as supostas vítimas a falarem em público, normalmente acabam por morrer sem causarem impacto na campanha. Mas se nos próximos tempos aparecerem mais notícias incriminatórias para Cain, e não esquecer que a sua base de apoio neste momento é sobretudo a direita religiosa, a sua candidatura poderá ser seriamente afectada. 

 

O interessante deste tipo de noticias é saber qual a sua origem. Sabendo que todos os candidatos têm equipas de investigação a vasculhar todos os pormenores da vida dos adversários, é perfeitamente possível que a verdadeira fonte desta notícia tenha sido um dos candidatos republicanos. Entrando no campo da especulação, não será difícil verificar quem teria interesse em lançar cá para fora este tipo de notícia. Talvez algum candidato que procura desesperadamente recuperar o apoio dos sectores mais conservadores. No próximo debate vou estar atento para ver quem será o candidato que irá receber pior tratamento de Herman Cain. 


afinal era este o tal candidato com problemas sexuais de que se falava aqui há uns tempos?
Pedro P a 1 de Novembro de 2011 às 22:19

Nao me parece. Nessa altura, Cain ainda estava em baixo nas sondagens e ninguém o considerava com possibilidades de nomeação.
Nuno Gouveia a 2 de Novembro de 2011 às 15:23

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog