09
Set 11
publicado por Nuno Gouveia, às 11:04link do post | comentar

   

 

O 11 de Setembro provocou uma profunda alteração na política externa da Administração Bush. Até então, e desde a campanha que o elegeu como o 43º Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush tinha protagonizado uma visão externa "humilde" e até um pouco isolacionista, contrariando as guerras "humanitárias" de Bill Clinton. Mas tudo mudou com o 11 de Setembro, levando os Estados Unidos à invasão do Afeganistão e do Iraque. Estes quatro livros de Bob Woodward contam uma versão da história do que passou nestes dois cenários desde o fatídico dia que a Al-Qaeda assassinou milhares de pessoas em solo americano. 

 

Estes livros, à excepção do terceiro e também o mais crítico, contaram com a participação do próprio Presidente e de altos cargos da Administração Bush, oferecendo-nos uma visão muito próxima do que realmente aconteceu. As divisões nos diferentes departamentos do governo, a burocracia que impedia uma fácil resolução dos problemas, a obstinação de alguns responsáveis mas também um líder comprometido com uma visão para o Médio Oriente, é o que podemos concluir destes quatro livros. Os dois últimos, que li recentemente, contam a história da guerra falhada no Iraque nos primeiros três anos (State of Denial), mas também como foi delineado o plano para dar a volta à situação (The War Within), numa posição de coragem de George W. Bush contra grande parte dos militares, do Partido Democrata e do próprio partido. Não apaga os erros que foram cometidos nos primeiros anos da guerra, mas mostra uma outra face do Presidente americano. Bush At War relata a reacção da Administração Bush ao 11 de Setembro e os momentos que se seguiram na invasão do Afeganistão e Plan of Attack é sobre os meses que antecederam a invasão do Iraque. 

 

São retratos extraordinariamente íntimos da Administração Bush, do complexo militar que suportou a decisão e de todos os intervenientes que fizeram parte das decisões históricas desta presidência. Não será a verdade definitiva destes momentos, mas estou certo que os historiadores no futuro não deixarão de consultar estes livros. Apenas tenho os dois primeiros nas versões portuguesas, mas penso que existem dos quatro. 


Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog