08
Ago 11
publicado por Nuno Gouveia, às 22:27link do post | comentar

 

Esta promete ser uma semana quente para os republicanos. O Politico refere que Rick Perry, governador do Texas, irá anunciar no Sábado na Carolina do Sul as suas intenções presidenciais, isto depois de semanas com relatos a indicarem que o Perry irá mesmo ser candidato à nomeação republicana. A entrada do governador do Texas irá afectar de maneira decisiva a corrida eleitoral. Mitt Romney, que até ao momento parecia balanceado para a nomeação, ganhará desta forma um adversário de peso. Até ao momento, com Huntsman e Pawlenty a não deslocarem nas sondagens, Michele Bachmann surgia como a sua mais séria adversária. Se a situação não mudasse até ao próximo ano, Romney não deixaria escapar a nomeação. Eu nunca acreditei que Romney teria a vida assim tão facilitada, e sempre pensei que iria surgir um adversário credível a Romney. Estivesse já ou não na corrida. Rick Perry é um caso bem diferente de Bachmann. Governador do segundo maior estado da União desde 2000, tem um currículo que fala por si: o Texas é um dos estados que tem fugido da crise e apresenta-se como um sucesso económico. Olhando para o actual campo de concorrentes, Perry é o que terá mais condições para reunir o apoio dos diferentes quadrantes. E se Bachmann nunca fugirá de ser a candidata do Tea Party e da direita religiosa, Perry poderá juntar a esses grupos, o apoio do establishment e dos country republicans, que neste momento parecem estar com Romney. Não acredito que Perry irá transformar-se logo no frontrunner, até porque também apresenta algumas debilidades. E não nos esqueçamos que é outro governador do Texas, que sucedeu a George W. Bush no cargo. Apesar de manter uma distância assinalável com o 43º Presidente, isso não deixaria de ser jogado pelos opositores democratas e pelos media numas eleições gerais. Com a situação de fragilidade do Presidente Obama, acredito que a elegibilidade vai ser um dos critérios decisivos nas primárias republicanas. 

 

Na próxima quinta-feira vai decorrer mais um debate no Iowa, desta vez organizado pela Fox News e pelo Washington Examiner. Este debate deverá marcar a estreia de Jon Huntsman. No Sábado, o mesmo dia em que Perry deverá anunciar a sua candidatura, decorre a Iowa Straw Poll, cujo desfecho poderá marcar o destino de Tim Pawlenty. Sabe-se que investiu um milhão de dólares neste evento, e duvido que a sua candidatura possa sobreviver a um mau resultado.

 

PS: para os mais "fanáticos" com o caucus do Iowa, deixo aqui um blogue do Des Moines Register.


Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog