04
Ago 11
publicado por Nuno Gouveia, às 00:05link do post | comentar

O mundo político americano nos próximos dias vai ser ocupado por um estranho evento que se realiza numa pequena cidade do Iowa, a já famosa Iowa Straw Poll. E o que é este evento que capta grande parte da atenção mediática neste inicio de Agosto? Resumindo em poucas palavras, é uma festa organizada pelo Partido Republicano do Iowa, como forma de angariação de fundos. Este evento ocorre sempre Verão anterior ao caucus do Iowa e representa desde 1979, a primeira vez que foi organizado, um importante acto de campanha para os candidatos republicanos. Durante o dia, e é por isso que candidatos gastam centenas de milhares de euros no Iowa por esta altura, os participantes votam no seu candidato preferido. Já aconteceu candidatos desistirem da candidatura por terem obtido resultados fracos nesta Iowa Straw Poll, casos de Lamar Alexander e Elisabeth Dole em 1999. Como se ganha este evento? No fundo, motivando os apoiantes a deslocarem-se a Ames e pagando as suas entradas (este ano, a participação na votação custa 30 dólares). É muito importante para a nomeação? Nem por isso. Das cinco edições que já se realizou, apenas em duas o nomeado venceu esta "sondagem": Bob Dole em 1995 e George W. Bush em 1999. Por exemplo, em 1987 o vencedor foi o evangelista Pat Robertson a sair vencedor de Ames, um candidato inelegível.

 

Este ano, a exemplo do que fez John McCain em 2007, também Mitt Romney preferiu ficar fora da competição, ele que venceu nesse ano. Jon Huntsman e Newt Gingrich também anunciaram que não iriam competir em Ames. Apesar disso, os seus nomes irão constar do boletim de voto. Quem dedicou esforço e dinheiro a este evento? Michele Bachmann, Tim Pawlenty e Ron Paul. Os restantes nomes são Rick Santorum, Herman Cain e Thaddeus McCotter, o congressista do Michigan que entrou recentemente na corrida à nomeação republicana. Consequências para a corrida presidencial? Tim Pawlenty tem tido umas últimas semanas muito dificieis, e um mau resultado poderá complicar ainda mais a sua vida. De resto, ganhe Bachmann ou até Ron Paul, que tem apostado forte neste evento, não terá grande impacto na corrida, além de um excelente Agosto mediático.


Acabei de ver Patrick Monteiro de Barros na RTP-N a dizer que o Partido Democrata é membro da Internacional Socialista. "Acho curioso que a grande maioria dos Americanos não sabem que o Partido Democrata é membro da Internacional Socialista, por exemplo". Tal corresponde à verdade?
Cumprimentos.
raioverde a 4 de Agosto de 2011 às 21:49

Não é verdade. Nunca tinha ouvido tal, mas fui confirmar na página da IS: http://www.socialistinternational.org/viewArticle.cfm?ArticleID=1927

pois. também me soou mal. Obrigado pelo esclarecimento.
Cumprimentos
raioverde a 5 de Agosto de 2011 às 00:46

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog