25
Jul 11
publicado por Nuno Gouveia, às 23:23link do post | comentar

Barack Obama terá certamente uma eleição muito díficil no próximo ano. Todos os indicadores apontam para o nomeado republicano possa ter uma séria hipótese de derrotar o actual Presidente. Isto caso o nomeado seja alguém elegível, o que acredito que irá acontecer. Mas começa a desenhar-se uma estratégia para o Presidente: realizar uma campanha totalmente negativa, tentando destruir o adversário. Já li vários artigos que referem esta a melhor opção para Obama conseguir a reeleição, mas este "Could Karl Rove politics save Obama in '12", de Mark Greenbaum na Salon explica tudo até algumas semelhanças com o ciclo eleitoral de 2004, onde um Presidente em dificuldades conseguiu ser reeleito. A minha única divergência é que Mitt Romney será um muito melhor candidato que John Kerry, além de já ter uma campanha presidencial no seu currículo, algo que Kerry não possuia em 2004.

 

Using Republicans’ general tack from 2004 could have benefits beyond the original Bush strategy. In 2004, the Democratic base was united to drive Bush from office, and any appeals to win over modern Reagan Democrats were useless. Karl Rove knew this, and the visceral attacks on Kerry were designed to gin up their base and convince just enough wary independents that despite any qualms they may have had with Bush, Kerry was too weak to be trusted. It worked as Bush broke even with Kerry on independents, and won a narrow national majority.


Caro Nuno,
É possivel que Maccain volte para um segundo round contra Obama? Já agora pode-me explicar o porquê de todos os candidatos derrotados nunca tentam uma segunda vez e praticamente morrem politicamente com a derrota? Lula conseguiu a eleição à 5ª tentativa,. Cavaco perdeu com Sampaio esperou e depois ganhou.
André a 26 de Julho de 2011 às 13:38

Não é bem assim. Nixon chegou a presidência em 68 depois de ter sido derrotado em 60. Reagan chegou em 80 depois de ter perdido a nomeação em 68 e 76. H. Bush chega em 90 depois de ter perdido a nomeação em 80 contra Reagan. E o próprio Mccain candidatou-se em 2008 depois de ter perdido a nomeação em 2000 contra W. Bush.

Obrigado pela explicação muito bem detalhada.
André a 26 de Julho de 2011 às 17:12

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog