23
Jul 11
publicado por Nuno Gouveia, às 13:42link do post | comentar

Rick Perry, governador do Texas desde que George W. Bush deixou a mansão de Austin, deverá avançar em breve para uma candidatura à nomeação republicana. Essa é pelo menos a ideia que tem vindo a dar pelas suas recentes movimentações. Rick Perry, antigo democrata que apoiou a candidatura falhada à presidência de Al Gore em 1988, é hoje uma das vozes mais relevantes do movimento Tea Party e dos sectores mais conservadores. Caso se confirme, ninguém no actual campo de candidatos pode ficar descansado.

 

Rick Perry é um governador de sucesso, responsável pelo estado com melhores resultados económicos nesta última década, e pode mesmo ser um adversário fabuloso para Barack Obama nas eleições gerais. Mas a história recente diz-nos que os candidatos que entram tarde na corrida dificilmente conseguem recuperar o atraso para os restantes. Em 2004 tivemos a entrada de Wesley Clark para as primárias democratas em Setembro, e em 2008, na mesma altura, Fred Thompson iniciou a sua campanha falhada nas primárias republicanas.

 

A sua entrada deve assustar imenso Mitt Romney. Até ao momento, com a principal oposição a surgir de Michele Bachmann, Romney tem estado descansado, e os seus estrategas acreditam que se for a congressista do Minnesota a sua principal adversária, a nomeação não fugirá. Eu também sou dessa opinião. E visto que os nomes na corrida que poderiam fazer frente a Romney não terem conseguido ainda descolar nas sondagens, os casos de Jon Huntsman e Tim Pawlenty, a entrada de Rick Perry representa um perigo para Romney. Um candidato conservador, com apoio nas franjas do Tea Party, com o currículo de Rick Perry e com a sua capacidade de entusiasmar? Se Bachmann entretém as audiências mais à direita, Perry será capaz de os convencer que pode ser mesmo Presidente. A confirmar-se esta candidatura, as primárias serão certamente mais interessantes.


Seria um desastre para os EUA elegerem outro presidente vindo do Texas, depois de 8 anos com o pior presidente da história dos EUA não sei como uma percentagem do eleitorado pensa em votar em alguém que ainda há pouco advogava a secessão do Texas.
HCarvalho a 25 de Julho de 2011 às 12:03

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog