28
Abr 11
publicado por Nuno Gouveia, às 15:30link do post | comentar

 

 

A política americana sempre foi fértil em campanhas negativas. Podemos não ter memória, mas os ataques pessoais sempre foram uma constante na luta política. Ainda no passado fim de semana referi aqui o legado de Lee Atwater e o que representou na campanha presidencial de 1988. Esta questão dos "birthers" não constituí propriamente uma novidade. 

 

A Collectors Weekly recorda algumas das tiradas mais miseráveis da história da política americana. Desde os seios da mãe de Jimmy Carter, a sanidade de Barry Goldwater até às casas de banho de Eleanor Roosevelt ou o acidente de carro de Ted Kennedy que vitimou a sua assistente, Mary Jo Kopechne, são relembrados alguns dos adereços mais infames utilizados em campanhas presidenciais. Boa leitura!


Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog