26
Mar 11
publicado por Nuno Gouveia, às 11:26link do post | comentar

Quem por aqui passa saberá que tenho uma grande admiração pelos vários estrategas políticos americanos. Sendo a política um mundo fascinante que circula muito à volta das estratégias, da comunicação ou da mensagem, estes consultores políticos, também apelidados por alguns de spin doctors, desempenham um papel fundamental na vida política americana. Não por acaso, os Estados Unidos são o berço e o palco das melhores práticas na área de comunicação política. Já aqui elogiei James Carville, o génio que ajudou a levar Bill Clinton de Little Rock até à Casa Branca. Por isso, deixo aqui esta nota, que serve também para fazer as minha previsões eleitorais. Carville afirmou esta semana que provavelmente Mitt Romney será o nomeado republicano. E disse ainda uma coisa interessante. Se Jeb Bush se chamasse Jeb Smith, seria o actual frontrunner da corrida. De facto, o antigo governador da Florida, detentor de um trabalho notável no Sunshine State, ainda hoje é "cortejado" por diversos sectores do Partido Republicano, descontentes com as opções em cima da mesa. Mas o apelido Bush seria sempre difícil de vender em 2012.

 

Olhando para o campo republicano, considero que neste momento existem apenas dois ou três candidatos viáveis, tal como o senador republicano do Iowa, Chuck Grassley defendeu ontem. Ele não os nomeou, mas eu digo que são estes: Romney, Pawlenty e Daniels, se concorrer. Se não houver mais nomes, e neste leque de candidatos (Romney, Palin, Huckabee, Gingrich, Bachmann, Santorum, Barbour, Paul, Johnson e Daniels) dou a Romney 60% possibilidades de vencer, Tim Pawlenty 25%, Daniels 10%, e 5% a todos os restantes. Estarei cá no próximo ano para rever o que escrevi.


A esses três eu juntaria o Jon Huntsman, Nuno.

Quanto ao teu vaticínio, eu também me inclino para o favoritismo do Romney , mas o seu plano de saúde enquanto governador do Massachusetts e - em menor grau - a sua religião mormon (que partilha com Huntsman ) poderão ser factores "complicativos" da sua nomeação. Mas é ele, muito provavelmente, o opositor que Barack Obama mais desejaria evitar. Em tempos de dificuldades económicas (apesar da tão trompeteada retoma, o desemprego permanece alto, o deficit assustador e o preço das casas continua a baixar) a sua fama de grande gestor seria um importante trunfo.
Alexandre Burmester a 26 de Março de 2011 às 15:56

É verdade, o Huntsman também faz parte do mesmo leque. O Romney tem esse grave problema, que lhe custará, provavelmente, derrotas em alguns dos primeiros estados, como no Iowa e Carolina do Sul. Penso mesmo que a chave para a nomeação de outro candidato é precisamente surgir nesta fase um adversário a Romney que seja encarado como viável para derrotar Obama. Dentro deste leque de 2/3. Mas se for um candidato do estilo Huckabee a emergir como opositor de Romney, este acabará por vencer as primárias, ganhando no New Hampshire e Nevada, como se espera, e depois terá a Superterça-feira para ganhar margem de vitória. Tendo em consideração que este ano até à Superterça-feira não haverá sistema de winner takes all.

De qualquer modo, e com a vontade que os republicanos têm de derrotar Obama, não os estou a ver a cometerem suicídio ao nomearem outro candidato que não estes quatro. Isto se não houver mais candidatos até lá.

Nuno Gouveia a 26 de Março de 2011 às 16:37

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog