12
Jan 11
publicado por Nuno Gouveia, às 22:55link do post | comentar

Depois de vários dias a ver o seu nome atirado para a lama por uma parte da esquerda americana, Sarah Palin decidiu falar sobre o massacre de Tucson. E a resposta está, como tudo que Palin faz, a gerar bastante polémica. Não me parecendo que tenha cometido algum erro grave neste vídeo, Palin esteve ao seu estilo: agressiva e provocatória em relação aos seus adversários. Talvez não tenha sido um passo muito inteligente. Mas uma coisa é verdade: tudo que Palin faz recebe uma resposta negativa dos media.


Por outro lado, tudo o que Palin faz recebe uma resposta dos media
Miguel Madeira a 15 de Janeiro de 2011 às 01:18

Também é verdade. A sua capacidade de fazer notícias na vida política americana só tem paralelo em Barack Obama. Um simples tweet gera imediatamente centenas de noticias em toda a imprensa americana. Ela poderá ser, e eu acho que é, muitas vezes massacrada pela crítica injustamente. Mas o seu estilo agressivo tb não ajuda nada a melhorar esse tratamento. Além disso, não estou nada convencido que a sua forma de comunicar directamente, ou seja, above the media e directamente com o povo americano, através das redes sociais a ajuda. Isto sem contar com as suas intervenções regulares na Fox News. Claro que se ela ignora os restantes media, estes têm mais facilidade para ir atrás dela.
Nuno Gouveia a 15 de Janeiro de 2011 às 01:44

Em destaque
José Gomes André

Investigador de Filosofia Política, redigiu tese de doutoramento sobre James Madison. Autor de "Sistema Político e Eleitoral Norte-Americano: um Roteiro" (Esfera do Caos, 2008). Escreve também no Delito de Opinião.
ver perfil
ver posts
Nuno Gouveia

Autor de uma tese de mestrado sobre as eleições presidenciais americanas de 2008. Escreve também no 31 da Armada e Cachimbo de Magritte.
ver perfil
ver posts
Alexandre Burmester

Define-se como um "ávido seguidor amador" da política americana, que acompanha há mais de 40 anos. As suas habilitações académicas situam-se na área da Língua e Literatura Inglesas e foi quadro de uma multinacional canadiana
ver perfil
ver posts
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog